terça-feira, 26 de março de 2013

Orgulho

or.gu.lho - substantivo masculino
1. conceito exagerado que alguém faz de si próprio.
2. soberba
3. sentimento de dignidade a si mesmo, brio, altivez.


Pois bem, sim, sou orgulhosa, tanto no sentido negativo (situação que estou tentando vencer hoje contando isso para vocês) como no sentido positivo (tem coisa mais gostosa que sentir orgulho de quem a gente ama?). E por isso não contei a (quase) ninguém sobre o que me aconteceu há uma semana (caminhando pra 2): fui demitida! Achei que depois de ter trabalhado na Br, nunca mais sairia aos prantos de outra empresa (olha o Sr. Orgulho ai de novo minha gente), mas sai, minha situação em casa não me permitia ficar sem emprego, mas aconteceu.
Quando soube da noticia, fiquei em pânico, a única coisa que eu conseguia pensar era: "ai meu Deus, o que eu vou fazer agora? O que eu vou fazer da minha vida?", e ai eu chorei na empresa, chorei na rua, chorei no ônibus, chorei, chorei e chorei. E a vergonha que eu sentia? Não por chorar, mas por ter sido demitida (cara, Sr. Orgulho tu é chato pra kct hein?).
Minha cabeça girava tanto tentando entender tudo o que aconteceu, em momento algum me arrependi do que havia feito, sei que dei o meu melhor, que me esforcei e evolui no que era cabível para mim, sei que se tivesse a oportunidade de voltar no tempo, faria tudo exatamente igual, pois sei o que é bom para mim (é auto-conhecimento e não orgulho, viu?). Mas tinha que contar a verdade, a noticia tinha que deixar de ser um boato ou de ser contada por outras pessoas, e como sou arregona, achei que a melhor forma seria contar por aqui (escondidinha atrás do meu computador).
Não, eu não tenho muita coragem de conversar por telefone ou pessoalmente com ninguém, pelo menos por enquanto, o desespero ainda esta presente aqui comigo e acho que já chega de chorar, não é mesmo?
Preciso muito de um emprego, mas a surpresa foi tanto que me sinto sem rumo no momento, querendo tudo, pois a necessidade grita, como querendo nada porque o mundo lá fora me assusta.
Agora tenho fé em me encontrar, em resolver meus problemas e sair dessa. Esperar cair do céu é que eu não vou ;)
Então quem puder ajudar me passando contatos, dicas, sites ou com apenas um comentário de "calma, vai ficar tudo bem!" desde já meu muito obrigada :D

Estou tentando voltar aqui, com esse meu cantinho, minha casinha, meu diário maluco, meu bloguitcho ^^ mudei o layout (pelo amor de Deus, não é comics sans a fonte dos destaques, desde que editei o layout pelo firefox que ela me assombra =/ , mas é só dar um F5 que aparece a bonitona da fonte certa), sei que o fundo da tá com uma marca d'água feioza, preciso organizar tags/marcadores, mas isso será ajustado, quero me dedicar aqui agora que tenho mais tempo.

Bom pessoal é isso, super beijos.
(estou tentando me adaptar com os "tchaus" para dar continuidade aqui :P sem tantas despedidas)

3 comentários:

Gilberto disse...

Rigolessssss, tudo vai dar certo, tenha calma e PACIÊNCIA :P kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Te amo muleka, bjos.

Amanda Bia disse...

É, eu fiquei sabendo disso aí, mas não tive coragem de te procurar pq achei que estaria me enxerindo na sua vida. E sim, vc é orgulhosa pra kct! Hehehehe.
Mas é assim mesmo, essa vida de gente grande como vc mesma diz. Um saco as vezes. Mas não fica assim não. Daqui a pouco vc arranja outro trampo. Como o Giba disse, tenha paciência. E se precisar conversar tamos aí. Não precisa passar por isso sozinha não. Se cuida. Bjs.

Bah Rigolon disse...

Oi Manda, não te chamaria de enxerida, jamais!! Só acho muito difícil falar disso ainda. Obrigada pela preocupação. Já já melhora ^^ beijos